Marketing Digital: O que é, Como Funciona e Como fazer ? Guia gratuito com planos, preços e pacotes. 

O marketing digital envolve uma série de táticas e estratégias usadas para aumentar o lucro, tráfego ou qualquer outro objetivo de uma marca.

Existem muitos tipos de marketing digital, e isso inclui:

Todos essas áreas envolvem diferentes aspectos do mkt digital. Embora os fundamentos do marketing digital geralmente permaneçam os mesmos, cada organização terá objetivos e necessidades diferentes.

É por isso que muitas vezes são necessários outros tipos de habilidades para se tornar uma pessoa bem sucedida no setor de marketing digital em Portugal.

Nesse post, a Agência DUNA montou um guia completo para você com tudo que você precisa saber sobre marketing digital em Portugal. Venha conferir!

O que é marketing digital?

O que é marketing digital, é uma forma de marketing que serve para promover e vender produtos ou serviços na Internet.

Esse processo envolve o uso de diferentes canais de marketing online, como mecanismos de pesquisa, redes sociais, sites, anúncios online e e-mail, para alcançar seu público-alvo.

Por meio do marketing digital, você pode encontrar pessoas interessadas em sua oferta, interagir com elas e criar credibilidade e reconhecimento para sua marca.

O marketing digital tem vários tipos, os mais importantes são os sites, otimização de mecanismos de pesquisa (SEO), marketing de conteúdo, tráfego orgânico e pago, marketing de redes sociais, e-mail marketing , YouTube e marketing de afiliados.

Continue lendo pois explicaremos como cada uma dessas táticas funcionam na prática!

Como funciona o marketing digital?

A forma como o marketing digital funciona é muito simples.

Primeiro, você precisa especificar suas metas de marketing digital, ou seja, o que você deseja alcançar com o marketing digital.

Alguns exemplos comuns são:

Em seguida, você precisa decidir quais canais de marketing podem ajudá-lo a atingir seus objetivos.

Por exemplo, se seu objetivo é vender mais, a execução de campanhas no Google ADS é um bom ponto de partida.

Para tornar todo o processo mais fácil de gerenciar, você pode criar um plano especificando quanto dinheiro vai gastar, definir seu público-alvo, definir suas métricas de desempenho e outras informações que o ajudarão a controlar o processo.

E mesmo que você ainda não queira investir no mkt digital, você ainda poderá fazer marketing gratuito, continue acompanhando, pois, falaremos mais sobre isso abaixo.

O marketing digital é bastante vantajoso principalmente pela flexibilidade que ele permite ao ter diversas plataformas, táticas e estratégias que podem ser exploradas.

Mas antes de nos aprofundarmos em cada conceito do marketing digital, vamos entender como ele surgiu e se tornou o que é no próximo tópico.

Origem do marketing digital

Agora que entendemos o significado básico do marketing digital, vamos tentar rastrear suas origens e acompanhar seu progresso até o presente.

A era digital surgiu com o advento da internet e da plataforma Web 1.0, que permitiu aos usuários encontrar informações; no entanto, não havia opção de compartilhar essas informações.

Nesse estágio, os profissionais de marketing estavam cautelosos em usar a plataforma digital para marketing, pois a própria internet não era amplamente difundida ainda.

Marketing Digital como termo foi cunhado nos anos 90, com o aumento de pessoas utilizando a internet e os computadores.

Foi nessa época que o mecanismo de busca Archie foi desenvolvido, para indexar sites FTP.

A capacidade de armazenamento dos computadores na década de 1980 já havia sido aumentada para armazenar dados volumosos e as empresas começaram a mudar para o marketing de banco de dados e outras técnicas online.

Quanto a quem realmente inventou o marketing digital, é difícil dizer, sendo um verdadeiro debate; alguns argumentam que deveria ser Guglielmo Marconi, pois ele enviou o primeiro sinal de rádio.

Já outros opinam que, como Ray Tomlinson que enviou o primeiro e-mail em 1971, na ARPANET.

Outros acham que ninguém conhece mais sobre marketing do Philip Kotler, criador do mix de marketing.

Vamos dar uma olhada em uma linha do tempo para ter uma noção sobre os principais acontecimentos:

1993 — o primeiro banner clicável foi criado. Uma revista online chamada HotWired comprou alguns deles para anunciar a revista e aumentar a assinatura.

Assim começou a era da transição para o marketing digital. Com as novas tecnologias chegando, e o Yahoo! sendo lançado, a evolução do marketing digital estava realmente em andamento em 1994.

O Yahoo recebeu quase um milhão de acessos em seu primeiro ano de existência, levando os empresários e profissionais de marketing a repensar sua atitude em relação ao marketing digital. Eles começaram a otimizar seu site para satisfazer os requisitos do mecanismo de busca.

1994 — Os cookies foram inventados por Lou Montulli; estes são pequenos pacotes de dados criados pelo servidor web quando você navega em um site e são colocados em seu computador.

Eles são usados ​​para acessar sites; eles também podem rastrear sua atividade, como os sites que você visitou e as ações que você realizou. Isso ajudaria as empresas a conhecer seus interesses e oferecer promoções personalizadas.

1996 — novos mecanismos de busca e ferramentas como Alexa, LookSmart e HotBot foram lançados.

1998 — foi quando o Google surgiu, o mecanismo de busca lançado pela Microsoft e o mecanismo Yahoo chegou.

1999 — Este ano foi muito significativo na história do marketing digital; foi lançada a web 2.0, que permitia aos usuários fazer upload e compartilhar conteúdo, e não simplesmente consumi-lo.

Os usuários não eram mais usuários passivos, mas participantes ativos. Isso lançou as bases para o compartilhamento generalizado, plataformas de rede social, etc. Sites como Wikipedia, Facebook e blogs surgiram nesta fase.

2000 — havia muita apreensão sobre como os computadores responderiam à mudança na data no início do milênio.

Houve uma mudança drástica e muitos dos pequenos mecanismos de busca desapareceram de cena, abrindo caminho para os gigantes do setor firmarem seu domínio.

2003 — Nesse ano, as redes sociais começaram a ser lançadas, inaugurou-se uma plataforma de mídia social para profissionais chamada LinkedIn, que ajudava os recrutadores a encontrar pessoas qualificadas e vice-versa.

O MySpace foi o primeiro site de rede social a ser lançado; isso foi seguido pelo Orkut e, mais tarde, pelo Facebook. As empresas começaram a notar que essas plataformas seriam relevantes.

Eles poderiam alcançar milhares de usuários em minutos ou até segundos, e a um preço muito baixo. As empresas começaram a comercializar seus produtos e serviços nessas plataformas, sinalizando o início de uma nova era nos negócios.

2004 — só nos Estados Unidos, a receita de publicidade na internet chegou a quase 3 bilhões de dólares. A indústria de marketing digital não apenas se estabeleceu, mas fez sentir sua presença e sinalizou ao mundo que estava aqui para ficar.

2005 — Esse ano marcou o nascimento do YouTube, a plataforma de compartilhamento de vídeos, que hoje tem milhões de assinantes e usuários.

2006 — esse ano teve um crescimento enorme para o tráfego do mecanismo de pesquisa atingindo quase 6,5 bilhões em apenas um mês.

A Microsoft substituiu o MSN e lançou o Live Search, para acompanhar o Google e o Yahoo. Este ano também testemunhou o lançamento do Twitter e o surgimento do teste de divisão em marketing. A Amazon registrou vendas de ecommerce acima de 10 milhões de dólares.

2008 — viu a China emergir como o país com o maior número de usuários de internet, ultrapassando os EUA. O site de compartilhamento de música Spotify foi lançado neste ano.

2009 — O Google Instant foi lançado, permitindo que os usuários obtenham resultados de mecanismos de pesquisa em tempo real

2010 — O WhatsApp e o Instagram foram lançados neste ano.

2011 — o uso da web superou a audiência da TV, principalmente entre a geração mais jovem, e o Google + foi lançado.

2014 — testemunhou o lançamento do Facebook Messenger e anúncios personalizados no LinkedIn e outras plataformas sociais. Este também foi o ano em que o uso móvel ultrapassou o uso de computadores pessoais para navegação e compras.

2017 — Os anúncios de marketing digital ultrapassam a receita da publicidade na TV, chegando a 209 bilhões de dólares.

2020 — Mais acesso a dados, pesquisa por voz se tornando cada vez mais comum, e mais opções de segmentação.

Os primeiros anos de 2020 também foram marcados pela pandemia global do coronavírus, que fez com que cada vez mais pessoas usassem a internet e passassem mais tempo nela.

A cada ano vemos novas ferramentas, plataformas e tecnologias surgindo no mundo do marketing digital. Os produtos comercializados digitalmente estão disponíveis para os consumidores a qualquer hora do dia ou da noite.

O Facebook é a plataforma mais popular, com 99% dos profissionais de marketing usando essa rede de rede social.

Outra plataforma essencial para o mkt digital em Portugal PT é o Instagram, que depois que foi comprado por Mark Zuckerberg em 2012 ficou ainda mais popular.

Canais de marketing digital

Um elemento muito importante no mkt digital são os seus canais, as plataformas que são utilizadas para fazer as campanhas e engajar com o público. Confira as principais abaixo:

Site

Um site é o ponto focal de todas as campanhas de marketing digital. Por si só é um canal muito poderoso, mas também é o meio para executar a maioria das outras campanhas de marketing online.

Seu site deve representar sua marca, produto e serviços da melhor maneira possível. Deve ser rápido, compatível com dispositivos móveis e fácil de usar.

Depois de ter um site, seu próximo passo é criar uma estratégia de marketing digital para promovê-lo e conteúdo com o objetivo de obter mais tráfego e clientes.

SEO

A otimização para mecanismos de pesquisa é o processo de otimizar seu site para os mecanismos de pesquisa, como o Google, por exemplo.

O principal objetivo do SEO é ajudar um site a ter uma classificação mais alta nos resultados de pesquisa e obter tráfego orgânico.

Tráfego pago

O tráfego pago oferece a capacidade de alcançar usuários da Internet em várias redes por meio de anúncios pagos.

Você pode configurar campanhas de CPC(custo por clique) no Google, Instagram, LinkedIn, Twitter, Pinterest ou Facebook e exibir seus anúncios para pessoas que pesquisam termos relacionados a seus produtos ou serviços.

O tráfego pago permite que você possa segmentar os usuários com base em suas características demográficas (idade, gênero, etc.) ou até mesmo em seus interesses particulares, ou localização, como é o caso nas redes sociais.

Toda vez que um usuário clica em seus anúncios, você paga uma taxa ao provedor, por isso o nome desse tipo de anúncio é custo por clique.

Marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo tem tudo a ver com o conteúdo visual e de texto. O mundo digital é uma enorme coleção de conteúdo em diferentes formas, como texto, imagens, áudio e vídeo.

O objetivo de uma campanha de marketing de conteúdo é alcançar clientes em potencial por meio da criação de conteúdo envolvendo algo relacionado ao setor da marca.

O conteúdo é geralmente publicado em um site e depois promovido por meio de redes sociais, e-mail marketing, SEO ou até mesmo campanhas de CPC.

A diferença entre ter um blog e executar uma campanha de marketing de conteúdo é que o último tem objetivos específicos sobre o que será publicado e quando publicá-lo, quem segmentar e como monitorar a eficácia de suas campanhas de conteúdo.

As principais ferramentas do marketing de conteúdo são:

E-mail marketing

Apesar do aumento do uso das redes sociais, o email marketing ainda é um dos canais de marketing digital mais eficaz.

Muitas pessoas confundem o marketing por e-mail com as centenas de mensagens de spam que todos recebemos por dia, mas não é disso que se trata o e-mail marketing.

O marketing por e-mail é o meio para entrar em contato com seus clientes em potencial ou com as pessoas interessadas em sua marca e isso significa que essas pessoas querem ouvir você e você não está invadindo sua caixa de entrada.

Muitas empresas e profissionais de mkt digital de sucesso usam todos os outros canais de marketing digital para adicionar leads às suas listas de e-mail e, por meio deste, criam vários funis para transformar esses leads em clientes.

Uma técnica muito comum de e-mail marketing são as newsletter, ou em português, boletins informativos, que funcionam de maneira semelhante ao marketing de conteúdo, só que por e-mail.

Marketing Digital nas mídias sociais

O marketing de mídia social tem a ver com o alcance das pessoas nas diversas redes sociais, seja por meio de campanhas de marketing de conteúdo (postagens), anúncios pagos ou ambos.

O objetivo principal de uma campanha de marketing de rede social é o reconhecimento da marca e a conquista de credibilidade, também é possível usar esse tipo de marketing para obter leads, interagir, e vender para os consumidores.

Pense no Facebook, por exemplo. O funil de vendas do Facebook consiste em 4 etapas principais.

O topo do funil é a conscientização. Este é o estágio em que você pode usar os anúncios do Facebook para apresentar sua marca aos usuários da rede social.

Seu objetivo nesta fase é colocar seu anúncio na frente do maior número possível de pessoas e ganhar novos seguidores.

O segundo passo é a descoberta. Durante esse estágio, você pode começar a se envolver com seu público respondendo às perguntas deles no Messenger e fornecendo conteúdo relevante no feed.

O terceiro passo é a consideração. Nesta fase, seu objetivo é atrair pessoas (que demonstraram interesse em sua marca) e passá-las pelo meio do funil e levá-las a visitar seu site, interagir com você, ou tomar outra ação.

O quarto passo é a conversão. Esta é a etapa final em que você tenta convencer as pessoas que entram no seu funil a converter.

Uma conversão pode ser qualquer coisa que tenha valor para sua empresa, como a venda de um produto ou serviço ou uma visita à sua loja.

Marketing de afiliados

O marketing de afiliados é uma das formas mais antigas de marketing digital que cresceu consideravelmente com o aumento do uso da Internet.

Basicamente, com o marketing de afiliados, você promove os produtos de outras pessoas e recebe uma comissão toda vez que faz uma venda ou apresenta um lead.

Muitas empresas conhecidas como a Amazon têm programas de afiliados que pagam muito dinheiro para sites que vendem seus produtos.

Ao projetar sua estratégia de marketing digital, você deve incluir o marketing de afiliados como forma de envolver as pessoas em sua marca e vender seus produtos por uma comissão.

Em outras palavras, quando você tem um produto ou serviço e quer promovê-lo online, deve considerar a criação de um programa de afiliados onde as pessoas possam se inscrever e vender seus produtos na internet.

Eles receberão uma comissão como recompensa, mas os benefícios para você como provedor são muito maiores.

Seus afiliados podem não apenas gerar mais vendas, mas também podem se tornar os representantes de sua marca e influenciar outras pessoas a comprar ou se conectar com sua empresa.

Inbound marketing

O inbound marketing é outro termo muito comum que se refere a como você pode usar vários canais de marketing digital para alcançar novos clientes principalmente através do processo de criação de conteúdo.

Isso tudo pensado em como levar essas pessoas a entrarem no seu funil de vendas. Os principais elementos do inbound marketing são conteúdo, atenção, engajamento, confiança e satisfação.

Todos esses elementos têm um único objetivo: ajudar as empresas a se conectarem com seus clientes em potencial e estabelecer um canal de comunicação interativo com eles que levará a mais vendas.

Marketing de vídeo

O marketing de vídeo é algo relativamente novo, mas recentemente tornou-se tão popular que você simplesmente não pode ignorá-lo.

O YouTube se tornou o segundo mecanismo de pesquisa mais popular e muitos usuários estão recorrendo ao YouTube antes de tomar uma decisão de compra, para aprender algo ou apenas para se entreter.

Nas redes sociais, os mini vídeos também estão bombando e ajudando muitas marcas a conquistar um alcance maior, já que esse conteúdo tem sido privilegiado pelo algoritmo.

Porque o marketing digital é tão importante

Mais da metade da população mundial utiliza a internet, enquanto cerca de 70% das pessoas em Portugal são usuárias de internet, de acordo com dados da World Bank.

Com tantas pessoas online ao mesmo tempo, as organizações devem usar estratégias eficazes de marketing digital para crescer e ter sucesso.

O crescimento de negócios exclusivamente online também significa que o marketing digital é o principal método de promoção de muitas empresas atualmente.

Quando as melhores práticas de marketing digital são implementadas, organizações e empresas podem atingir um público enorme.

Além disso, o mkt digital geralmente é mais barato, mas leva a mais resultados.

Uma empresa que deseja promover um novo produto obteria melhores resultados de uma campanha de marketing direcionada em comparação um outdoor mais caro que atinge apenas um público limitado.

As técnicas de marketing digital também podem fornecer maneiras únicas para organizações e empresas aumentarem seu público, aumentarem os lucros e construírem um melhor relacionamento com clientes.

Pequenas empresas podem usar o marketing digital para melhorar suas organizações e expandir com menos recursos.

Se essas empresas menores usassem a mesma quantidade de recursos para outros esforços de marketing localmente, talvez não tivessem o mesmo sucesso.

Como fazer marketing digital gratuito

Agora que você já sabe a importância do marketing digital, o que ele é e como funciona, vamos dar uma olhada em como você pode fazer marketing digital gratuito!

Uma grande vantagem dessa estratégia é justamente a possibilidade de usar as plataformas para se promover sem precisar de muito investimento ou até mesmo de graça!

Mas como fazer marketing digital sem precisar investir dinheiro nisso?

A agência DUNA está aqui para te ajudar a aprender como fazer marketing gratuito, confira como abaixo:

Redes sociais

As redes sociais são com certeza uma das melhores plataformas de marketing gratuito hoje em dia.

Existem muitas opções na rede social para fazer marketing sem precisar gastar com isso.

Por exemplo, você pode usar hashtags para ter alcance gratuito e aumentar o engajamento com a sua marca.

Outra estratégia muita boa nas redes sociais são os vídeos curtos, os vídeos do Reels do Instagram recebem muitas visualizações devido ao algoritmo da plataforma que vem favorecendo esse conteúdo.

Anúncios no Google e Google Meu Negócio

Essa é uma dica essencial para as empresas, se você quer trafego gratuito para o seu site e até mesmo para sua localidade física, você deve cadastrar a sua empresa no Google Meu Negócio para empresas locais.

É muito simples configurar um perfil na plataforma, e você ainda pode otimizá-lo com dados como: contato, link para o site, horário de funcionamento e muito mais!

Blog

Os blogs já foram muito populares no passado, mas não pense que eles não sejam mais uteis.

Escrever posts para um blog é muito útil principalmente quando você quer aumentar o seu alcance e trafego orgânico.

Você pode criar posts interessantes voltados ao setor de sua marca.

Por exemplo, digamos que você tenha um escritório de advocacia e quer aumentar a sua clientela.

Você pode criar posts em um blog sobre esse assunto, transmitindo informações uteis e relevantes justamente para o público que tem interesse nisso.

SEO

De maneira a complementar sua estratégia de marketing de conteúdo, seja em formato de blog ou até mesmo nas redes sociais, você deve fazer SEO.

SEO é o nome da técnica que envolve a otimização para mecanismos de pesquisa. Isso significa utilizar uma série de estratégias para melhorar o rank do seu site na primeira pagina do mecanismo de busca.

Táticas como pesquisa e segmentação de palavras-chave, adição de links internos e backlinks, uso de imagens, vídeos e outros recursos que deixam o texto mais interativo, funcionam muito bem para melhorar a posição do seu site.

YouTube

O YouTube também é um mecanismo de pesquisa, sendo o segundo maior no mundo, ficando atrás apenas do Google.

Fazer vídeos do YouTube pode te garantir alcance gratuito, caso o seu conteúdo realmente seja interessante e você consiga usar as outras técnicas listadas aqui para impulsionar sua estratégia de marketing gratuito.

Tudo que você ira precisar é de uma câmera, criatividade, e um espaço para gravar!

Ferramentas de marketing digital gratuitas

Tudo bem, falamos de plataformas em que você pode fazer marketing digital gratuito.

Mas afinal, como colocar essa estratégia em ação?

É muito simples, basta utilizar ferramentas que permitem que você crie conteúdo de qualidade totalmente de graça!

Vamos listar algumas delas abaixo. Confira!

Banco de imagens gratuitas

Os bancos de imagem são muito úteis até mesmo para um estratégia de marketing digital paga, pois ter fotos com qualidade profissional é um grande diferencial.

Nessas plataformas é possível acessar imagens e ilustrações gratuitas que podem ser usadas para tornar o seu conteúdo mais atrativo.

Alguns dos principais banco de imagens gratuitas são:

Canva

Canva é uma plataforma com muitas ferramentas uteis e incríveis para fazer marketing gratuito.

Nela é possível editar, criar e aprimorar imagens para melhorar ainda mais o seu conteúdo.

Você também pode fazer designs únicos, usando a criatividade e os recursos que a plataforma disponibiliza.

Use essa ferramenta para criar conteúdo para as redes sociais, blog e até mesmo capas para YouTube!

Plataformas de análise

Analisar os seus resultados é a chave de sucesso para uma campanha de marketing digital.

Felizmente, existem ferramentas desse tipo que são totalmente de graça, como é o caso do Google Analytics e Facebook e Instagram Analytics.

Use essas plataformas para entender quem é o seu público-alvo, quando eles estão online e qual conteúdo eles mais interagem.

Benefícios do MKT digital

Dada a diversidade de plataformas de marketing digital, existem inúmeros benefícios atrelados a essa estratégia.

Vamos ver alguns dos principais benefícios de fazer marketing digital hoje em dia, confira abaixo:

Maior alcance

Ao contrário dos métodos tradicionais, o marketing digital não está necessariamente vinculado a uma área geográfica específica.

A internet está disponível para clientes em todo o mundo. Isso permite que as empresas comercializem e vendam para clientes que moram em um estado ou país diferente, removendo muitas barreiras que antes eram comuns.

Ótimo custo-benefício

Os métodos tradicionais de marketing, como anúncios na TV, rádio e outdoors custam muito caro e o pior, não possuem tanto alcance como a internet.

O marketing digital por sua vez oferece um ótimo custo-benefício, podendo ser feito com um pequeno investimento ou até mesmo de graça, como falamos no tópico anterior.

Por exemplo, mesmo pequenas empresas ou startups podem criar um site, gerenciar redes sociais e publicar posts em um blog sem gastar muito.

ROI mensurável

Para maximizar os lucros, as empresas devem avaliar cuidadosamente o retorno sobre o investimento (ROI). Com o marketing tradicional, o ROI pode ser difícil de medir.

No entanto, o marketing digital fornece visibilidade em tempo real da eficácia de cada campanha, permitindo que os empreendedores tomem decisões bem informadas para gerar receita e aumentar o lucro.

Segmentação aprimorada

O marketing digital permite que as empresas segmentem dados demográficos muito específicos de clientes em potencial.

Ao envolver os clientes em uma determinada geografia, setor ou plataforma de mkt digital, as empresas têm uma chance muito maior de atingir seu público-alvo.

Adaptável

As estratégias de marketing digital são extremamente maleáveis ​​e flexíveis, permitindo que as empresas ajustem as campanhas quando necessário.

Ao contrário das campanhas de marketing tradicionais de longo prazo, as empresas podem ajustar seus esforços digitais em tempo real, permitindo mais chances de sucesso.

Credibilidade

Antes de fazer uma compra, os clientes geralmente realizam pesquisas online e verificam avaliações e comentários a respeito do produto e da marca.

A primeira etapa desse processo geralmente começa com um mecanismo de pesquisa. Dessa forma, empresas com estratégias de SEO, tráfego pago e orgânico podem facilmente ganhar a credibilidade dos clientes.

Construção de relacionamento

A ascensão das redes sociais as transformaram em uma plataforma de comunicação essencial para interagir com os clientes.

E ainda, a maioria das pessoas querem se envolver com as suas marcas favoritas na internet em suas plataformas preferidas.

Como resultado, as empresas que se envolvem em práticas eficazes de marketing nas redes sociais podem construir relacionamentos duradouros com clientes atuais e potenciais.

No geral, empresas de todas as formas e tamanhos podem obter benefícios poderosos por meio do marketing digital.

Além disso, o custo do marketing digital pode ser adaptado a cada negócio específico, eliminando muitas barreiras que existem apenas no marketing tradicional.

Com tantos benefícios disponíveis para praticamente qualquer orçamento, faz sentido porque tantas empresas estão tendo sucesso com os esforços de marketing digital.

Como o marketing digital funciona na prática

Uma estratégia de marketing digital é um plano detalhado de como você pode utilizar os diferentes canais para atingir seus objetivos de negócios.

Ao projetar uma estratégia de marketing digital, você precisa considerar quais canais usar, os recursos (pessoas, tempo e dinheiro) a serem atribuídos a cada canal e o que esperar em termos de resultados.

Um erro comum de quem tenta fazer marketing digital pela primeira vez e acaba desistindo é tentar fazer tudo de uma vez e acabar não obtendo resultados.

Ou, porque não possuem o conhecimento necessário para executar campanhas de marketing digital ou, porque acabam gastando seus orçamentos em canais que não são adequados para o seu negócio.

Embora cada estratégia de marketing digital seja única e baseada nas necessidades e objetivos específicos de um negócio, você pode ler abaixo um exemplo para ajudá-lo a entender como o mkt digital funciona na prática.

Vamos usar a nossa Agência de Marketing Digital DUNA como exemplo, acompanhe!

Exemplo: Estratégia de Marketing Digital para uma empresa de venda de produtos digitais (Venda de produtos ou serviços, cursos online, e-books, etc.).

Etapa 1: Site

O primeiro passo é criar um site que seja rápido e compatível com dispositivos móveis. O site deve ter várias landing pages (ou páginas de vendas) para apresentar a empresa e seus produtos.

A nossa agência entra em contato com o cliente para compreender como a identidade da marca funciona, e depois disso criamos o site com base no que o cliente espera.

Da mesma forma você pode fazer isso por conta própria, visualizando a identidade da sua marca e colocando os elementos principais dela como: cores, tipografias, etc. em seu site.

Etapa 2: SEO

O próximo passo é realizar uma auditoria de SEO e identificar quais áreas precisam ser otimizadas para o mecanismo de busca.

Se você ainda não tiver iniciado no SEO, reúna as principais palavras-chave relacionadas a sua marca e com base nisso comece a criar conteúdo.

Etapa 3: Marketing de conteúdo

Com base nos resultados de uma pesquisa completa de palavras-chave e nas descobertas da auditoria, você deve criar um plano de marketing de conteúdo que inclua:

Etapa 4: marketing de rede social

Utilize todas as campanhas de marketing de rede social para promover o reconhecimento da marca e as vendas.

Identifique quais canais de rede social são adequados para o marketing do seu negócio (com base no perfil do cliente) e crie um cronograma para publicação de conteúdo nessas redes.

Ao mesmo tempo, vá analisando os melhores horários, dias, e outras métricas para saber quando, onde e como postar para ganhar mais alcance.

Etapa 5: Tráfego pago

Em paralelo às atividades acima, configure uma Campanha no Google AdWords para segmentar pessoas que pesquisam palavras-chave relacionadas a produtos no Google.

Também faça campanhas de remarketing no Facebook para chamar a atenção dos usuários que visitaram seu site, mas ainda não converteram.

Etapa 6: Marketing de vídeo

Parte da etapa 3 acima é identificar quais tópicos/palavras-chave você pode usar para criar conteúdo de vídeo.

Publique seus vídeos em um canal no YouTube, no Facebook, Instagram e em qualquer outra plataforma que você esteja segmentando em suas campanhas.

Para cada vídeo, crie uma postagem de blog em seu site e incorpore o vídeo com conteúdo de texto.

Etapa 7: Avalie e analise os resultados

Certifique-se de ter o Google Analytics instalado e configurado corretamente e que possa medir com precisão a eficácia das campanhas acima.

Crie uma planilha do Excel e adicione para cada campanha detalhes sobre custo, número de visitas, número de conversões, pessoas alcançadas, etc.

O acima é apenas um resumo do que sua estratégia de marketing digital deve incluir. Se você é uma pequena empresa com recursos limitados, é normal que não consiga executar todo o plano desde o início.

O que você deve fazer é seguir uma abordagem passo a passo, começando com seu site, SEO e marketing de conteúdo.

Depois de conseguir mantê-los ativos por vários meses, você experimentará gradualmente um aumento no tráfego e na receita e, em seguida, poderá adicionar as outras ferramentas ao mix de marketing.

Outra opção é contratar uma agência especializada em marketing digital, nós veremos como isso funciona mais abaixo, então continue acompanhando!

Preços e planos de mkt digital

Os preços e planos de marketing digital variam muita de agência para agência, por esse motivo, vamos utilizar como exemplo a Agência de Marketing Digital DUNA.

Gerenciamento de redes sociais — Os planos variam de 150 € a 250 € mensal.

O gerenciamento de redes sociais fica responsável pela criação e postagem de conteúdo personalizado nas redes sociais da sua escolha.

Os planos variam de acordo com a quantidade de redes sociais que você quer gerenciada e os benefícios extras.

Campanhas no Google — A partir de 150 €.

As campanhas no Google envolvem a criação de anúncios, tudo baseado no SEO, com o benefício de ter um especialista criando e analisando suas campanhas.

Marketing de conteúdo para blog — Os planos variam de 250 € a 450 € mensal.

Criação de textos para blog no mais diversos setores, ideal para empresas que prestam um serviço, e querem mais alcance.

Gestão de Canal YouTube — Planos variam de 150 € a 550 € mensal.

Esse serviço tem a grande vantagem de ter um profissional editando e te ajudando a produzir vídeos incríveis para você aumentar o seu alcance no mkt digital.

Gestão de tráfego pago nas redes sociais — variam de 250 € a 650 € mensal.

Esse serviço vem acompanhado do gerenciamento de redes sociais e se destina a criação de anúncios nas redes sociais.

Qual é o papel de uma agência de marketing digital?

O papel de uma agência de marketing digital é criar uma estratégia de marketing bem definida que ajude a sua empresa a alcançar seus objetivos.

Existem muito serviços dentro de uma agência de marketing digital, então geralmente o cliente escolhe um ou mais para focar e utilizar para atingir suas metas.

Uma agência de marketing digital costuma ter os seguintes serviços:

Gerenciamento de redes sociais

O gerenciamento de redes sociais é responsável pela promoção de uma empresa através de várias plataformas de mídia social.

Nesse serviço, escolhe-se uma ou mais plataformas de redes sociais em que será criado e postado conteúdo personalizado.

Também é possível a criação e divulgação de anúncios, que é conhecido como tráfego pago nas redes sociais.

Visite o site da Agência de Marketing Digital DUNA para saber mais sobre esse serviço.

SEO

Uma agência de marketing digital pode ajudá-lo a otimizar o seu site para os mecanismos de pesquisa.

Além disso, eles possuem especialistas em SEO, que sabem exatamente o que fazer para deixar o seu site na primeira página do Google.

Criação de sites

Hoje, muitas agências possuem designers especialistas em UX e UXI que são dois conhecimentos muito importantes para a criação de sites responsivos.

Produção e edição de vídeos para YouTube

A agência fica responsável por editar os seus vídeos do YouTube, isso é conhecido como gestão de canal YouTube, e também inclui outros benefícios, como criação de thumbnail, otimização do canal, etc.

Gestão de tráfego pago

A gestão de tráfego pago é responsável por executar campanhas pagas em diferentes plataformas, principalmente Google Ads, Facebook Ads (incluindo Instagram) e Bing.

Campanhas no Google Ads

Esse é um serviço dentro do tráfego pago, com o diferencial sendo o seu foco no Google, então tudo é pensado e otimizado com o algoritmo do Google em mente.

Marketing de conteúdo para blog

Outra forma de marketing essencial é a criação de conteúdo para blog, isso pode ser feito por agências de marketing que possuem especialistas em copywriting e SEO.

Conclusão

O marketing digital tem tudo a ver com marketing na internet e outros dispositivos eletrônicos.

Não é um processo único, mas consiste em vários subcomponentes que você pode usar dependendo do que deseja alcançar.

Nem todos os métodos funcionam para todas as empresas, por isso é importante criar uma estratégia de marketing digital que detalhe como você utilizará cada processo.

Uma agência de marketing digital é responsável por ajudar você a ter as melhores campanhas e conquistar os seus objetivos mais rapidamente.

Confira o site da Agência de Marketing Digital DUNA agora mesmo e veja todos os nossos serviços disponíveis!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.